quarta-feira, 31 de outubro de 2012

terça-feira, 30 de outubro de 2012

MWANGOLÉ


terça-feira, 16 de outubro de 2012

HOMENAGEM AO FADO EM LISBOA



Em Setembro dando uma volta a pé por Lisboa descobri este mural (já divulgado) de homenagem ao Fado, aqui também a minha gratidão a todos que participaram nesta belessima pintura.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

SALÁRIOS NO METRO DE LISBOA

Será verdade que os salários no metro de Lisboa são os seguintes?



Secretária de Administração €3.753,59

Mestre Serralheiro €2.969,30

Maquinista de manobras €2.785,17

Maquinista €2.587,25

Fiscal €2.020,66

Motorista €1.939,09

Agente trafego €1.642,41

Desenhador €1.547,09

Auxiliar €1.476,86


Os maquinistas ainda recebem um subsidio que varia entre 317 e 475,50 euros para abrir e fechar as portas.

Os maquinistas fazem 3 horas por dia de condução.

Os funcionários do metro, à semelhança com o que acontece com os funcionários da Carris e da Transtejo, quando se reformam têm uma pensão que é igual à do último salário recebido no activo;

Quando estão de baixa têm direito a médico ao domicílio e recebem 100% do salário;

 Os Maquinistas têm direito a um subsídio por cada quilómetro percorrido, mais 68 euros se não faltar mais de 5 horas e se não faltarem no mês todo mais um prémio de 223 euros;

Os empregados e reformados viajam gratuitamente, assim como os cônjuges, os pais, filhos, enteados e irmãos que os trabalhadores tenham;

Como resultado desta politica salarial, só no ano passado o prejuízo desta empresa pública foi de 390 milhões de euros.

É PRECISO ACABAR COM O PODER DESTA ARISTOCRACIA 'OPERÁRIA' INSTALADA EM SINDICATOS QUE FAZEM GREVES POR OBEDIÊNCIA PARTIDÁRIA E À CUSTA DO POVO POBRE E DESEMPREGADO

terça-feira, 2 de outubro de 2012

PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA

Na semana passada o PGR (graças a Deus está de saída) esforçou-se a clarificar e justificar atitudes que teve ao longo do mandato. No entanto, mentiu sobre processos que estão a serem investigados ou foram investigados. É grave afirmar que ocorreram reuniões politicas para concertar decisões sobre o caso Freeport.
E grave um PGR afirmar que há escutas ilegais por parte de toda gente incluindo por parte das policias de investigação. Surge-me o pensamento que o mesmo se pode aplicar à própria Procudaria, até liderada por este cidadão.
Graças a Deus apesar das oportunidades nunca tive o des-prazer de apertar-lhe a mão. Porque senti na pele as perseguições por parte de quem não sentido de Pátria, mas subserviência dos interesses instalados.